O que rola fora das quadras

Gente - O que rola fora das quadras

Da redação em 25 de Junho de 2013 às 12:25

BATIZADA

Dona de sete títulos de Grand Slams, a britânica Ann Jones foi homenageada em sua cidade natal e batizou a quadra central do complexo que sedia o WTA de Birmingham com o seu nome. Jones, hoje com 74 anos, descerrou a placa e acompanhou as disputas nas duplas, com Greg Rusedski e Sorana Cirstea derrotando a parceria formada por Tim Henman e Heather Watson. Os organizadores da competição ainda planejam instalar uma cobertura para a quadra.
Harish Charda/www.dingleimages.com

 

 

divulgação
SUA BÊNÇÃO
Uma das atrações de Roma, mesmo se você não for católico, é ir visitar o Vaticano. E o argentino Juan Martin del Potro não pensou duas vezes para ter a chance de encontrar o seu compatriota Mário José Bergoglio, o Papa Francisco, numa "escapadinha" do Masters na capital italiana. Delpo ficou bastante emocionado com a visita ao Pontífice e ainda o presenteou com uma de suas raquetes. "Pude conhecer e conversar com o Papa Francisco no Vaticano. Foi um momento único para mim, do qual nunca vou me esquecer", relatou o campeão do US Open de 2009.

 

FILANTROPIA 
Durante sua semana no ATP de Halle, o suíço Roger Federer tirou um tempinho para visitar um hospital infantil em Bielefeld junto com o diretor do torneio, Ralf Weber. O ex-número 1 do mundo elogiou bastante a iniciativa, além de ter feito a alegria da criançada. "Foi legal ver o que o torneio faz para essas crianças. Também foi bom ver que o hospital tem visão. Nós visitamos o quarto inspirado por Marco Chiudinelli [tenista suíço], que é um grande amigo meu. No ano que vem, eles vão fazer o meu quarto. Fico sempre feliz por criar alguma conscientização. Ouvi falar muito dele e fiquei feliz de estar ali em pessoa", declarou Federer.
divulgação Gerry Weber Open

 

Ron C. Angle/TPL

Ernests Gulbis

QUE SACO!

Já faz algum tempo que Ernests Gulbis mostra aos fãs que não tem problema em ser autêntico à frente dos gravadores. Em entrevista ao jornal L'Equipe, o letão atacou os principais jogadores do circuito - Djokovic, Murray, Federer e Nadal -, dizendo que é entediante entrevistar qualquer um deles pela falta de personalidade. "No tênis atual, há uma falta preocupante de caráter. Respeito Federer, Nadal, Djokovic e Murray, mas os quatro são chatos. Suas entrevistas são chatas. Honestamente, são bem sem graça", criticou Gulbis. Único que se pronunciou logo depois, o britânico Andy Murray retrucou alegando que não fala tudo o que pensa nas coletivas de propósito, a fim de evitar se envolver em polêmicas nos bastidores. 

Ron C. Angle/TPL

COBERTURA EXEMPLAR 

Após comprar os direitos de transmissão de Roland Garros até 2017, a Rede Bandeirantes transmitiu ao vivo em rede aberta as duas finais do torneio francês, vencidas por Rafael Nadal e Serena Williams, algo que não acontecia na televisão brasileira desde a década de 1980. Além disso, o Bandsports fez uma cobertura com dois canais (o normal e o HD), além de veicular vários jogos também pelo site na Internet com os comentários de Flávio Saretta, Chiquinho Leite Moreira, Carla Tiene etc. Uma iniciativa que poderia muito bem ser seguida por outros canais quando percebem que os jogos não cabem em suas grades de programação.

 

RODDICK NA TV
Andy Roddick já mostrou anteriormente desenvoltura no jornalismo ao participar de um programa de rádio, mas agora o ex-tenista vai marcar sua estreia oficial na televisão dos Estados Unidos. A Fox Sports anunciou a contratação de Roddick como um dos apresentadores de um programa de três horas a partir de agosto. Após pendurar a raquete no US Open do ano passado, o americano admitiu que terá um pouco de dificuldade para se adaptar à nova profissão. "Nunca tive que procurar emprego desde os 18 anos. Consegui-lo foi um início, mas estou preparado para trabalhar e aprender o outro lado, mostrar o meu valor para as pessoas que acreditaram em mim".
Ron C. Angle/TPL

 

arquivo pessoal Bruno Soares
GLOBAIS EM PARIS
Após darem um tempo na rotina dentro dos estúdios, os atores Marcello Novaes, Antonio Calloni, Cléo Pires e Guilhermina Guinle aproveitaram a estadia em Paris para visitar o charmoso complexo de Roland Garros. Em meio a clínicas no Tennis Club de Paris e passeios pela capital parisiense, os "globais" se divertiram mesmo é vendo a ação se desenrolar no saibro francês com as vitórias de Rafael Nadal e Serena Williams. Deu tempo até para tirar uma foto com o mineiro Bruno Soares, que chegou à semifinal na chave de duplas.

 


Notícias

Artigo publicado nesta revista



O futuro do tênis


Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 178,80R$ 357,60R$ 178,80R$ 178,80
Assine Agora porR$ 160,92R$ 286,08R$ 99,96R$ 99,96
Desconto
EconomizaR$ 17,88R$ 71,52R$ 78,84R$ 78,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 53,64 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também Munhequeira
O futuro do tênis

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim Revista TÊNIS

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas