Férias

Saiba como montar uma quadra de beach tennis

A modalidade combina com o verão e não precisa ser praticada na praia

Marcela Evangelista em 21 de Dezembro de 2015 às 10:06

Se você é beach tenista, mas não mora no litoral, é bem provável que já tenha dirigido horas até uma praia em busca de um pedacinho de areia. Talvez já tenha acordado mais cedo do que gostaria só para conseguir uma vaga na quadra do seu clube ou para disputar um horário de locação em uma academia. Mas e se você pudesse ter a sua própria quadra de beach tennis?

Se a ideia de construir uma quadra lhe parece complicada, confira as dicas e informações a seguir e veja que “trazer a praia” até você pode ser bem mais simples e barato do que você imagina.


Área da construção

Para construir uma quadra de beach tennis, recomenda-se uma área mínima de 231m², formando um retângulo de 11m x 21m. Este espaço comporta um recuo de 1,5m tanto nas linhas do fundo como nas laterais – as medidas exigida pela ITF, a entidade que rege o beach tennis internacionalmente. Sem os recuos, a quadra mede 8m x 16m.


Preparação do terreno

Uma maneira econômica é fazer um recorte em uma área de grama ou de terra e jogar areia por cima. Entretanto, a quadra não terá a profundidade ideal ou qualquer sistema de drenagem. Dependendo do volume da chuva, formam-se poças de água que podem impedir seu uso. O ideal é que a camada de areia possua 20 cm de altura e esteja nivelada ao chão. Somando-se a camada ocupada pelo sistema de drenagem (de 30 a 40 centímetros) à de areia, a escavação para a construção de uma quadra terá profundidade de 50 a 60 centímetros.

Uma alternativa à escavação é a construção de uma quadra elevada, utilizando-se muretas de concreto ao redor da área para conter a areia. Entretanto, ainda que se construa um sistema de drenagem, a qualidade é comprometida, pois o solo é mais estável que a areia. Além disso, muretas podem apresentar um risco à segurança dos jogadores, já que o recuo da quadra não é muito grande e elas acabam ficando muito próximas à área de jogo.


Dreangem

O sistema de drenagem indicado para quadras de beach tennis é o mesmo utilizado nas de tênis: “espinha de peixe”. Um ramal principal, disposto no mesmo sentido das linhas laterais, mas no centro da quadra, capta a água que é conduzida por diversos ramais secundários. Assim como as costelas do peixe se ligam à vértebra, os ramais secundários são “cortados” perpendicularmente pelo ramal principal, que, por sua vez, escoa a água para a rede de drenagem ao qual está conectado. Tal sistema faz o escoamento da água por gravidade, ou seja, é necessário que haja um declive para que ela percorra o caminho traçado pelos ramais.

Os ramais são compostos por manta geotêxtil e duas camadas de brita (antes e depois da instalação dos tubos) e tubos perfurados. A manta, que é permeável e atua como um filtro, também serve para proteger a estrutura, pois envolve completamente os ramais. Após a instalação dos tubos e o preenchimento com a segunda camada de brita, a manta é fechada – cobrindo os ramais – e o terreno está pronto para receber areia.

Areia

Os tipos de areia mais utilizados em quadras de beach tennis são: areia de lavagem de rio (a mesma usada pela construção civil) e areia tratada. Os principais aspectos a serem observados na escolha são a espessura do grão – quanto mais fino, mais confortável será para os jogadores – e os cuidados que serão necessários para higienizá-la. A areia tratada impede a proliferação de fungos e bactérias, o que torna sua manutenção simples, em certos casos utilizando apenas um detergente neutro. Já a areia de lavagem requer higienização mais frequente e o uso de produtos químicos mais fortes, como o cloro. As instruções para manutenção e higienização variam de acordo com o tipo de areia adquirida e são disponibilizadas pelo próprio fornecedor.

Para uma quadra de 11m x 21m e uma camada de 20 centímetros de areia serão necessários 46,2m³. O valor da areia, que pode ser calculado por metro cúbico ou por sacos, varia consideravelmente, não somente de acordo com o tipo escolhido, mas também com a região, já que o frete pode influenciar bastante no preço final. Além disso, o transporte da areia merece atenção, pois é fundamental garantir que ela não seja contaminada no trajeto.


Postes, rede e linhas

A estrutura que sustenta os postes da rede é formada por um bloco de cimento que fica 30 centímetros abaixo do nível da quadra e possui uma bucha onde o poste é encaixado. O material mais indicado é o aço galvanizado, por ser mais resistente, e recomenda-se que o poste tenha regulagem de altura. Dessa maneira, a quadra pode ser utilizada tanto para o beach tennis como para o vôlei de praia, sem que haja necessidade de troca de rede – apenas de regulagem da altura. O par de postes pode custar de R$500,00 a R$900,00.

Kits de postes móveis, que podem ser facilmente transportados no porta-malas de um carro, são uma alternativa mais simples e prática à construção de uma quadra. Eles podem ser montados até mesmo na grama, caso não haja um espaço de areia disponível, e seu custo varia de R$250,00 a R$490,00.

O kit de linhas custa de R$100,00 a R$200,00 e existem várias marcas disponíveis no mercado. Ele é composto pelas quatro faixas (duas para as linhas laterais e duas para as de fundo) e seis pinos para fixação na areia. A montagem é simples, já que ilhoses indicam onde os pinos devem ser colocados, tanto nas extremidades das quatro linhas quanto no centro das duas linhas laterais (onde a quadra é dividida pela rede). Nas linhas do fundo também há ilhoses para demarcar a quadra para o jogo de simples (4,5m x 16m).

As redes, ainda que de marcas distintas, não possuem grande variação no comprimento (geralmente, 9 metros, permitindo 50 centímetros de sobra para cada lado). A largura oficial é de 1 metro, mas é comum encontrar redes mais estreitas, de até 70 centímetros, o que facilita a montagem, pois são menores e mais leves. Seja qual for a largura da rede, a altura não se altera: a regra da ITF determina que a fita superior deve estar a 1,70m do nível da quadra. O preço da rede pode variar de R$150,00 a R$380,00.

É muito comum encontrar quadras de beach tennis sem alambrado ou telas de proteção. Eles não são itens obrigatórios na construção da sua quadra, mas vale considerá-los para evitar que as bolas saiam da quadra constantemente ou se percam.


Custo e tempo de construção

O investimento total para a construção de uma quadra de beach tennis depende de diversos fatores, tais como o tipo de material usado no sistema de drenagem, o tipo de areia, a região onde ela será comprada, presença de alambrado ou iluminação, entre tantos outros. De maneira geral, o valor aproximado está entre R$30 mil e R$60 mil.

Assim como o custo, o tempo de construção é variável. É possível ter sua quadra de beach tennis pronta em apenas 15 dias, mas a média é de aproximadamente 30.

 


Notícias montar construir quadra dicas

O futuro do tênis


Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 178,80R$ 357,60R$ 178,80R$ 178,80
Assine Agora porR$ 160,92R$ 286,08R$ 99,96R$ 99,96
Desconto
EconomizaR$ 17,88R$ 71,52R$ 78,84R$ 78,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 53,64 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também Munhequeira
O futuro do tênis

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim Revista TÊNIS

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas