ATP Tour

No ATP Finals, Medvedev busca seguir desafiando gigantes e faturar título inédito

Tenista com mais vitórias na temporada, russo tenta igualar Davydenko


Foto: Divulgação/US Open

Daniil Medvedev é um dos principais nomes da nova geração do circuito mundial. Tenistas de 23 anos, ele busca boa campanha no ATP Finals para consolidar seu papel como o grande candidato a desafiar a hegemonia.

Leia mais:
ATP Finals 2019: saiba como assistir aos jogos ao vivo na TV e na internet

+ Federer, Nadal e Djokovic chegam ao ATP Finals com objetivos distintos

Confira as principais notícias sobre o ATP Finals

Para isso, o russo conta a ótima fase que vive em 2019. Em dezembro do último ano, ele era apenas o 16º do mundo. Um ano depois, já é o 4º melhor tenista da temporada. Nesse período, o tenista moscovita disputou 77 partidas e saiu vencedor em 59.

Foram ao todo 4 títulos conquistados em doze meses - dois deles em torneios da linha Masters 1000, em Cincinnati e Xangai -, e cinco finais, com destaque para a decisão do US Open, onde fez grande partida e foi aplaudido pela torcida após perder para Rafael Nadal em um jogaço,

Em Londres, Medvedev busca seguir desafiando os grandes nomes do circuito e tenta conquistar o título do Finals logo em sua primeira participação. Neste ano, além de dar trabalho para Nadal em Nova York, ele venceu dois de seus três jogos contra o sérvio Novak DjokovicContra Roger Federer, porém, ele acabou derrotado com certa facilidade em Miami, sendo eliminado com placar de 6/4 e 6/2 para o suíço.

Tentativa de quebrar de jejum 

Daniil está no Grupo Agassi do torneio. Ao seu lado estão o grego Stefanos Tsitsipas e o alemão Alexander Zverev, além de Nadal. Ele tenta repetir o feito de Nikolay Davydenko, último compatriota a vencer o ATP Finals, em 2009.

“Acho que todos os jovens jogadores russos, viram esse título. Foi incrível e ele é o único russo a vencer. Acho muito bom para o país estar de volta aqui e ter alguém para representar o país. Espero poder mostrar um bom tênis e vencer algumas partidas".

Para isso, o jogador de 1,98m tenta esquecer sua campanha no Masters de Paris. No torneio, ele foi eliminado na primeira rodada para o francês Jeremy Chardy. "Ainda estou confiante no meu jogo. Paris não foi o resultado que eu queria, mas acontece, assim é o tênis. Jeremy jogou uma grande partida. Tive minhas oportunidades e não as usei. Em todas as partidas que você joga, você pode perder ou vencer, não há empate ou algo parecido como em outros esportes. Dessa vez perdi, mas sei que se conseguir estar bem na segunda-feira (quando estreia no torneio) - que é o que eu e minha equipe estamos tentando fazer -, tenho chances de ganhar se jogar bem e é isso que vou tentar fazer", finalizou.

Da redação

Publicado em 9 de Novembro de 2019 às 13:53


Notícias Daniil Medvedev ATP Finals Rafael Nadal Roger Federer Novak Djokovic