ATP Tour

Murray e Nishikori estão fora do Australian Open

Primeiro Major do ano acontece a partir de 20 de janeiro


Andy Murray fora Australian Open

Foto: Divulgação

O ex-número #1 do mundo Andy Murray não jogará o Australian Open de 2020. O britânico sentiu novas dores na região em que o fez se afastar das quadras por bom tempo, o quadril, que adianta o retorno de Andy à um Grand Slam.

Leia mais 

+ Nadal e espanhóis chegaram em Perth para disputa da ATP Cup

+ Djokovic e Cristiano Ronaldo fazem brincadeira enquanto treinam juntos; Confira

"Eu trabalhei duro para me colocar em uma situação em que possa jogar em alto nível e estou desapontado por não poder jogar na Austrália em janeiro. Após o Australian Open deste ano, quando não tinha certeza se seria capaz de jogar novamente, fiquei empolgado em voltar à Austrália e dar o meu melhor, e isso torna ainda mais decepcionante para mim", disse Murray.

Aos 32 anos, Murray nunca foi campeão do Australian Open. O título bateu na trave 5 vezes, quando Andy foi derrotado na final, sendo 4 por Novak Djokovic e 1 por Roger Federer.

Com a lesão e o abandono do torneio, Murray decidiu se recuperar e retomar sua melhor forma física. A expectativa agora é que ele retorne em fevereiro para a disputa do ATP 250 de Montpellier.

Nishikori é outro a abandonar o torneio

O Japonês Kei Nishikori também é uma baixa do torneio australiano. O atual #13 do mundo está com uma contusão no cotovelo e divulgou sua desistência por meio de suas redes sociais: Confira.

Foto: Divulgação

“Infelizmente eu tenho que desistir da ATP Cup (competição entre países) e do Australian Open”, disse Nishikori, por meio de um comunicado em suas redes sociais. “Eu e minha equipe tomamos essa decisão, pois ainda não estou 100% pronto para competir no mais alto nível”, explicou, por meio de um comunicado, em suas redes sociais.

Da redação

Publicado em 30 de Dezembro de 2019 às 19:30


Notícias Australian Open 2019 Andy Murray Kei Nishikori