Revista TÊNIS

Australian Open

Federer e Djokovic atrás de recordes, novo teto; confira 5 curiosidades sobre o Australian Open

Roger e Nole têm 6 títulos em Melbourne, e buscam ser o primeiro hepta

Da redação em 10 de Janeiro de 2019 às 18:00

Reprodução Twitter/Australian Open

Na madrugada da próxima segunda-feira, começa a chave principal do Australian Open, primeiro Slam da temporada 2019. Confira nesta matéria algumas das curiosidades sobre o evento que acontece na cidade de Melbourne.

1 – Federer e Djokovic em busca de recorde

Roger Federer e Novak Djokovic são dois dos maiores campeões do Australian Open, com 6 conquistas cada. Roy Emerson tem o mesmo número de títulos. Assim, o suíço e o sérvio travam uma briga para se isolar como grande vencedor da história. Se um deles levar a taça, se isolará com 7 títulos do primeiro Slam do ano.

2 – Roger em busca do tri

Federer venceu as edições de 2017 e 2018. Assim, busca neste ano o tricampeonato consecutivo. Para ele, seria um feito inédito, já que o suíço ganhou duas vezes seguidas, mas nunca três. De quebra, se conseguir, Roger igualaria algo que o único a fazer na Era Aberta foi Djokovic, tri entre 2011 e 2013.

3– Introdução do relógio de 25s

Repetindo o que o US Open fez pela primeira vez em 2018, o Aberto da Austrália introduzirá o relógio que marcará os 25 segundos entre um ponto e o outro. Após anos de reclamação pelo não cumprimento desta regra, os principais torneios do circuito vêm utilizando este mecanismo para que não aconteçam infrações nestes casos. Cabe aos juízes de cadeira disparar o cronômetro, aplicando punição se o tempo se esgotar antes de o sacador colocar a bola em jogo.

 4 – Desafios em todas as quadras

Para aumentar a justiça dos jogos, todas as quadras do complexo em Melbourne terão o desafio eletrônico. Assim, em qualquer partida os atletas terão a possibilidade de contestar a marcação da arbitragem. Lembrando que, pela regra, cada tenista pode pedir três revisões por set e, se acertarem, não têm o desafio descontado.

5 – Novo formato no set decisivo

Até 2018, o set decisivo (terceiro no feminino, e quinto no masculino) era disputado sem tiebreak em Melbourne. Assim, até um dos jogadores abrir 2 games de vantagem, a partida seguia. A partir desta edição, será introduzido o tiebreak na parcial final. Se o placar chegar a 6/6, um desempate será disputado. Contudo, não será no formato tradicional, indo até 7 pontos, mas sim até 10, como se fosse um set decisivo em jogos de duplas. 


Notícias Federer Djokovic Roger Nole Australian Open AusOpen


REVISTATENIS.COM.BR VOLTA ÀS QUADRAS MAIS ÁGIL DO QUE NUNCA


Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 178,80R$ 357,60R$ 178,80R$ 178,80
Assine Agora porR$ 160,92R$ 286,08R$ 99,96R$ 99,96
Desconto
EconomizaR$ 17,88R$ 71,52R$ 78,84R$ 78,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 53,64 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também Munhequeira

Boletim Revista TÊNIS

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas