Revista TÊNIS

US Open

Confira cinco fatos que você talvez não saiba sobre Naomi Osaka, campeã do US Open 2018

Japonesa entrou no top 10 da WTA após o título conquistado no último sábado

Da redação em 12 de Setembro de 2018 às 19:08

Foto: USTA/Darren Carroll

A fama e o estrelato chegaram de forma veloz para a japonesa Naomi Osaka, campeã do US Open no último domingo. Tenista de 20 anos, ela havia conquistado apenas um título antes de bater Serena Williams em sets diretos para coroar sua campanha em Flushing Meadows. Agora conhecida do grande público, a nipônica reúne uma série de curiosidades que você talvez não saiba. Confira na lista:

Fã de Serena: Polêmicas a parte, o duelo contra a mais nova das irmãs Williams marcou o reencontro da asiática com sua maior ídola durante a adolescência. Assim como o único confronto anterior, válido pelo Premier Mandatory de Indian Wells, Osaka ficou com a vitória, desta vez com parciais de 6/2 e 6/4. Após o fim da partida, a jovem tenista comentou sua emoção depois de ser cumprimentada por Serena "Quando eu a abracei, me senti como criança novamente".

Orgulho japonês: Com a conquista em Nova York, Naomi, que é filha de mãe japonesa e pai(( se tornou a primeira tenista do Japão a conquistar um Major na história. Antes dela, que havia chegado mais perto era Kei Nishikori, finalista do Aberto dos Estados Unidos em 2014.

Osaka e sua mãe após a conquista. Foto: USTA/Darren Carroll

 

"Crush" por Michael B Jordan: Nesta quinta-feira, Naomi foi uma das convidadas para o programa da apresentadora americana Ellen DeGeneres. Durante a entrevista, ela foi perguntada sobre por qual famoso ela teria uma "quedinha", apontando o ator Michael B Jordan, conhecido por filmes como Creed e Pantera Negra. O ator enviou um vídeo logo na sequência, a parabenizando pelo título e a chamando de "grande exemplo para os meninos e meninas". Confira nos vídeos:

Invicta após ganhar o primeiro set: Consistência e inteligência emocional são alguns dos termos que melhor representam a campanha de Osaka em Nova York. No ano, aliás, ela soma a expressiva marca de 32 vitórias e nenhuma derrota após conquistar o primeiro set em uma partida.

Já esteve no Brasil: Em 2016, Naomi foi uma das tenistas presentes na chave principal do WTA Internacional de Florianópolis. Apenas 88ª colocada do ranking na época, ela venceu duas partidas antes de ser eliminada pela porto-riquenha Monica Puig nas quartas de final, com o placar de 6/3 e 6/4.


Notícias Naomi Osaka US Open 2018 Ellen DeGeneres Michael B Jordan WTA


REVISTATENIS.COM.BR VOLTA ÀS QUADRAS MAIS ÁGIL DO QUE NUNCA


Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 178,80R$ 357,60R$ 178,80R$ 178,80
Assine Agora porR$ 160,92R$ 286,08R$ 99,96R$ 99,96
Desconto
EconomizaR$ 17,88R$ 71,52R$ 78,84R$ 78,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 53,64 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também Munhequeira

Boletim Revista TÊNIS

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas