ATP Cup

Búlgaria, Chile e mais 4 países completam os grupos da ATP Cup

Torneio entre países estreia no circuito em 2020


Foto: Divulgação

A ATP Cup teve seus grupos completados na última quarta-feira (15). Competição entre nações que estreia em 2020, o torneio conheceu os últimos seis países classificados. São eles Búlgaria, Chile, Polônia, Uruguai, Moldávia e Noruega.

Leia mais

Federer brilha, elimina Djokovic do ATP Finals e garante Nadal como número #1

Programação ATP Finals: Nadal encara Tsitsipas de olho nas semifinais

Liderada pelo ex-top #3 Grigor Dimitrov, o time búlgaro substituirá a Suíça no Grupo C. A equipe suíça saiu da competição após a desistência do suíço Roger Federer, que fez com que o país não tivesse um tenista com ranking necessário para se classificar. Os cinco outro países foram sorteadas também no dia 14 por meio de uma cerimônia transmitida pelo Facebook.

A ATP Cup terá ao todo 24 países e distribuirá uma premiação US$15.000.000. Os jogos acontecerão em três cidades australianas. Brisbane terá os Grupos A e F. O primeiro terá Sérvia, França, África do Sul e Chile, enquanto o segundo contará com Alemanha, Grécia, Canadá e Austrália. Perth, por sua vez, terá as chaves B (com Espanha, Japão, Geórgia e Uruguai) e D (Rússia, Itália, Estados Unidos e Noruega). Em Sydney jogam os Grupos C (Bélgica, Reino Unido, Moldávia e Bulgaria) e E (Austria, Croácia, Argentina e Polônia).

Da redação

Publicado em 15 de Novembro de 2019 às 07:55


Notícias ATP Cup Grigor Dimitrov Roger Federer