Revista TÊNIS

Nomeação

Ex-tenista australiano Brad Drewett é o novo presidente da ATP e já ganha elogios de Federer

Novo chefe-executivo da entidade foi eleito por unanimidade pelo Conselho da ATP para o lugar de Adam Helfant; Federer tratou de dar as boas-vindas

Da redação em 22 de Dezembro de 2011 às 11:09

Divulgação
Australiano Brad Drewett será o novo presidente da ATP a partir de 1 de janeiro de 2012
A tão aguardada nomeação do novo presidente da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) foi revelada nesta quinta-feira. Adam Helfant será substituído pelo australiano Brad Drewett, de 53 anos, ex-jogador que chegou a ser número 34 do ranking na década de 80 e que era membro da instituição desde 1999.

Desde sua entrada na entidade que gerencia o tênis masculino, Drewett vinha cumprindo a função de Chefe Organizacional do Grupo Internacional, responsável por supervisionar operações nas regiões do Oriente Médio, Ásia e Pacífico. Do período de 1993 a 1999, o australiano foi membro do Conselho dos Jogadores e tem sido o diretor do torneio que fecha o calendário masculino do tênis, o ATP Finals, desde 2001.

"Estou honrado de ter a oportunidade de liderar a ATP, uma organização da qual tenho muito orgulho de fazer parte desde o começo da minha carreira profissional", disse Drewett. "O circuito masculino está mais forte do que nunca e é minha intenção continuar a liderá-la no seu caminho de sucesso, trabalhando junto com jogadores e torneios", acrescentou o dirigente que assumirá a nova função em janeiro.

Divulgação/Getty Images
Presidente do Conselho dos Jogadores, Federer vibrou com escolha de Drewett
Novo presidente do Conselho de Jogadores da entidade, o suíço Roger Federer concordou com a nomeação do australiano. "Brad é um executivo muito experiente e tem sido um ótimo líder na ATP por muitos anos. Ele entende a natureza global do negócio e as complexidades de lidar com as negociações. Estou confiante em sua ética e liderança para contribuir com o sucesso da ATP".

Drewett foi eleito por unanimidade pelo Conselho da ATP e já tinha o apoio de Federer e Rafael Nadal, vice-presidente entre o grupo que representa os atletas. Ambos queriam um ex-tenista para o cargo, que chegou a ser cotado para o holandês Richard Krajicek, campeão de Wimbledon em 1996, e Ian Ritchie, chefe-executivo do Grand Slam inglês, mas não houve acerto com nenhum dos dois.

Em sua carreira como tenista, Brad Drewett conquistou nove torneios no total (contando simples e duplas) e, além da 34ª posição como melhor classificação, alcançou as quartas de final do Australian Open em 1976, seu destaque nos torneios do Grand Slam.

Confira mais notícias sobre o mundo do tênis...

+ Com direito a gorro de Natal, Roddick sobe ao palco e mostra talento no hip hop

Nas graças do povo argentino, Monfils explica segredo da sua irreverência: 'Dou alegria às pessoas'

Algoz do Brasil na Copa Davis, Youzhny se forma com Doutorado em Filosofia em Moscou

 + Site do Australian Open lança "Túnel do tempo"

González reclama da imprensa no Twitter e nega aposentadoria em fevereiro

Um dos destaques do ano, Fish prevê futuro promissor para o tênis norte-americano em 2012

PERFIL:Para 2016 e além - Escolha do Rio de Janeiro como sede das Olimpíadas de 2016 tem tudo para transformar o esporte no Brasil. É o que o tênis quer (e precisa) (Confira!)


Notícias


REVISTATENIS.COM.BR VOLTA ÀS QUADRAS MAIS ÁGIL DO QUE NUNCA


Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 178,80R$ 357,60R$ 178,80R$ 178,80
Assine Agora porR$ 160,92R$ 286,08R$ 99,96R$ 99,96
Desconto
EconomizaR$ 17,88R$ 71,52R$ 78,84R$ 78,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 53,64 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também Munhequeira

Boletim Revista TÊNIS

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas