Revista TÊNIS

Espanhóis comemoram boas atuações no US Open

Pela primeira vez na história do torneio o país classifica quatro tenistas para as oitavas

Luiz Pires em 3 de Setembro de 2007 às 16:53

Apesar da eliminação precoce de Tommy Robredo, oitavo favorito ao título do último Grand Slam do ano, os tenistas espanhóis celebram em 2007 suas melhores atuações no US Open.

Pela primeira vez na história do Grand Slam, a Espanha colocou quatro representantes nas oitavas-de-final. Além do vice-líder do ranking mundial, Rafael Nadal, os tenistas Carlos Moya, Feliciano Lopez e David Ferrer seguem na disputa do título.

Moya é um dos espanhóis que seguem no US Open
O saibro é tradicionalmente conhecido como a superfície na qual os espanhóis apresentam suas melhores atuações, mas em Nova York a "armada" espanhola prova que está evoluindo em quadras mais rápidas.

Para Moya, nem mesmo os bons resultados no US Open serão capazes de tirar o estigma de "tenistas do saibro" que envolve a escola espanhola de tênis. "Certamente todos seguirão nos caracterizando como tenistas do saibro. Já nem sei mais o que podemos fazer para mudar isso. É cada vez mais evidente que estamos melhorando em outras superfícies.", disse o tenista de 31 anos, o mais experiente entre os espanhóis que seguem na competição.


Notícias


REVISTATENIS.COM.BR VOLTA ÀS QUADRAS MAIS ÁGIL DO QUE NUNCA


Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 178,80R$ 357,60R$ 178,80R$ 178,80
Assine Agora porR$ 160,92R$ 286,08R$ 99,96R$ 99,96
Desconto
EconomizaR$ 17,88R$ 71,52R$ 78,84R$ 78,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 53,64 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também Munhequeira

Boletim Revista TÊNIS

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas