ATP Tour

Djokovic despacha Shapovalov e fatura o penta no Masters de Paris

Sérvio soma agora 34 títulos em torneios da série Masters 1000


Foto: Divulgação/Masters de Paris

Novak Djokovic conquistou o Masters de Paris neste domingo (3). Em jogo tranquilo, ele derrotou na decisão o jovem canadense Denis Shapovalov com parciais de 6/3 e 6/4 em apenas 1h06.

Leia mais:
Barty é campeã no WTA Finals e fatura maior prêmio da história do tênis

+ Confira o valor que Djokovic vai receber com o título

O tenista de 32 anos aumenta sua coleção de taças em Paris-Bercy. Pentacampeão, ele é o maior campeão da história do torneio. Atrás aparecem nomes como o do russo Marat Safin e do alemão Boris Becker, tricampeões.

Foto: Divulgação/Masters de Paris

O troféu no torneio parisiense é o 77º do sérvio na carreira e o 5º na temporada. Em 2019 ele faturou dois Grand Slams (Australian Open e Wimbledon), o Masters 1000 de Madri e o ATP 500 de Tóquio.

O resultado garante para o sérvio seu 34º título em torneios da série Masters 1000. Ele é o segundo tenista com mais troféus na categoria, abaixo do espanhol Rafael Nadal, com 35 conquistas. Abaixo dos dois aparecem Roger Federer (28), Andre Agassi (17) e Andy Murray.

A partida

Em sua 50ª final de Masters 1000, ao passo que seu oponente debutava em decisões neste nível de torneio, Djokovic fez valer sua experiência logo nos primeiros pontos do jogo.

No primeiro set, o número #1 do mundo precisou de dois break points para vencer o game de saque inicial do rival e abrir 2 a 0. Com a vantagem, ele soube conter os avanços de Shapovalov, para não ser ameaçado na parcial, mesmo com o adversário jogando bem com o serviço.

O jovem oponente foi competitivo no início do segundo set. Com bom desempenho no saque (ao ponto de ter 6 aces e 82% de aproveitamento até o oitavo game), ele conseguiu confirmar seus primeiros games de serviço.

O segundo saque, porém, não seguia a mesma intensidade e Shapovalov viu esse quesito cobrar o preço. Sem pontos com a segunda bola após as sete primeiras chances, o número #28 do mundo viu Djokovic crescer no momento certo e anotar uma quebra providencial que o deixou com vantagem de 4 a 3 e saque.

Denis ainda teve um break point desperdiçado no game seguinte e viu Djokovic abrir 5 a 3. Tranquilo, o sérvio seguiu com o controle do jogo e fechou o placar na sequência.

Da redação

Publicado em 3 de Novembro de 2019 às 12:17


Notícias Novak Djokovic Masters de Paris Denis Shapovalov