WTA

Bia Haddad já tem data para voltar a competir após suspensão por doping

Retorno deve acontecer em território europeu


Foto: Divulgação

Depois de dez meses suspensa por doping, Bia Haddad Maia está liberada para voltar às quadras. Suspensa desde 10 de julho de 2019, a data que a brasileira está liberada para jogar é no dia 21 de maio de 2020, e deve ser na Europa.

Leia mais 

+ Menezes sobe no ranking ATP e bate melhor marca; confira mais destaques

+ Guia de transmissão ATPs de Roterdã, Buenos Aires e Nova Iorque: Saiba quem joga e como assistir na TV

A tenista, que já foi 58ª no ranking mundial, recebeu a notificação da ITF informando a presença dos metabólitos em sua amostra no dia 12 de julho de 2019. Todos os frascos do multivitamínico que estavam em posse de Haddad Maia foram enviados para análise em um renomado laboratório em Montreal, no Canadá, credenciado pela WADA, que comprovou a contaminação em diversos frascos.

Atualmente, Bia está na 147ª posição, mas ainda vai despencar muito até seu retorno em maio de 2020. A brasileira já alcançou a 58ª colocação em setembro de 2017 quando foi seu melhor ranking na carreira.

“A atleta Bia Haddad foi autorizada pela ITF a retornar às quadras no dia 22/5. Após análise das vitaminas ingeridas pela atleta em laboratório credenciado pela Agência Mundial Antidopagem, a Federação Internacional de Tênis aceitou que as substâncias proibidas encontradas nas amostras de Bia surgiram de forma não intencional, em decorrência de contaminação cruzada em farmácia de manipulação. Bia é uma atleta extremamente diligente, que utilizava vitaminas prescritas por um médico e que foram compradas de farmácia que assegura vender produtos sem substâncias proibidas e em observância às regras antidopagem”, explicou o advogado Bichara Neto, especialista em doping e sócio do Bichara e Motta Advogados.

Bia se manifestou nas redes sociais, confira:

Foto: Instagram/ Bia Haddad Maia

Da redação

Publicado em 10 de Fevereiro de 2020 às 17:56


Notícias Bia Haddad Maia retorno doping