Roger Federer
Nome CompletoRoger Federer
Também conhecido comoFederer
Data Nascimento08/08/1981
35 anos, 11 meses
Local NascimentoBasileia, Suíça
Site Oficial Roger Federer
Facebook Oficial Roger Federer
Twitter Oficial Roger Federer
Instagram Oficial Roger Federer
Wikipedia Roger Federer

Dono de inúmeros recordes e de belas jogadas, Federer é um marco para a história do tênis e para sua geração

Federer iniciou no esporte aos 8 anos de idade, mas somente em 1998 se tornou profissional, terminando em 2002 no top 10 do ranking ATP. A partir do ano seguinte, o mundo conhecia Roger Federer como o jogador mais completo de todos os tempos.

 

Início e dificuldades

Nascido em Basel, na Suíça, Roger Federer se mudou em 1995 para Ecublens, na região francesa do país, para iniciar no programa nacional de tênis. Após ter ganho duas vezes o campeonato nacional na categoria 12 anos, seus pais o encorajaram a perseguir a carreira. Mas o início não foi fácil, pois ainda estava aprendendo o idioma francês e estava vivendo na casa de outra família, necessitando, assim, do suporte emocional de seus pais, com os quais falava todos os dias ao telefone.

Foi em 1996 que, já falando mais fluentemente o francês, seu esforço começou a dar resultado: saiu vitorioso de ambos os campeonatos suíço de inverno e de verão na categoria 16 anos. Repetiu o feito no ano seguinte e também atingiu o primeiro sucesso internacional no torneiro de Prato, Itália. Chegou à posição número 1 do mundo na categoria júnior em 1998, depois de vencer o torneio de Wimbledon (simples e duplas) e conseguir bons resultados em outros.

Finalmente em 1999 Federer alcança primeira temporada como profissional, iniciando na posição de 301 da ATP e finalizando como 64, sendo o tenista mais jovem entre os top 100 daquele ano.

 

Da surpresa ao top 1 do mundo

Foi após vencer pela primeira vez o Torneio de Wimbledom, em 2003, que Roger Federer se consagrou de fato na história do tênis mundial. "Ele é o Rolls Royce das quadras de tênis" Neil Harman, especialista de tênis do Times. Editores e comentaristas de todos os jornais, extasiados com a vitória do novo campeão, afirmavam que a Suíça ganhara um novo herói.

Em 2004, a carreira do novo herói seguia com brilho, ganhando pela primeira vez o US Open e três títulos do Grand Slam no mesmo ano. Em 2005, a rivalidade entre Federer e Nadal fez sua primeira aparição: nos anos seguintes à sua inesperada derrota no Aberto da França contra o espanhol, a consolidação e o amadurecimento da carreira de Roger Federer foi nítida, se estendendo até os anos seguintes, considerados a temporada mais bem sucedida de toda sua carreira.

No ano de 2006, das quatro finais dos Grand Slams que participou, venceu três, e ainda conquistou as finais no Aberto dos EUA e no Aberto da Austrália, títulos esses que garantiram a seu nome a glória do ranking número 1 do mundo.

Mas foi em 2012 que Federer conquistou seu 7º título no Torneio de Wimbledon, tornando-se um dos maiores recordistas do torneio. Neste período, retornou ao topo do ranking, após derrotas contra seus rivais Rafa Nadal e Djokovic nos anos anteriores.

Após este período, mesmo com lesões e algumas derrotas, principalmente contra seus principais rivais, alcançou marcas históricas, cravou belos pontos e arrancou vitórias que deixaram rastros de sua perfeição.

 

Estilo

Do tipo backhanded com uma só mão, Federer é conhecido por sua rapidez, permitindo-o percorrer por toda a quadra com agilidade e dando eficiência às suas jogadas. Seu saque também é um de seus maiores pontos fortes: difícil de ler e com uma inclinação incrível que confere força a seu ataque.

De acordo com críticos e comentaristas de esporte, Roger Federer é um tenista que aparenta não ter pontos fracos e que consegue juntar beleza e técnica em suas jogadas. E sua boa técnica de jogada não é confinada a um tipo de quadra: seja na grama, no saibro ou na quadra sintética, Federer não deixa a desejar.

Treino, dedicação, carisma e inteligência foram o que fizeram do atleta suíço o número 1 do mundo e do gosto do público.

 

Rivalidades

Jogadores com performance fora do comum não fogem da regra da rivalidade: queira ou não, os olhos do público se enchem ao testemunharem o combate entre dois gigantes.

Considerados alguns dos maiores rivais de Federer, o espanhol Nadal, o sérvio Djokovic e o britânico Murray mantêm o público eufórico em suas competições. Federer teve contra Murray um de seus momentos mais marcante da carreira após sua vitória avassaladora por 6-0 e 6-1.

No entanto, em inúmeras entrevistas Federer afirma que a rivalidade existe somente dentro das quadras, como todo profissional. Fora do âmbito profissional, ele e Nadal, principalmente, são grandes amigos e trocam elogios contínuos pela mídia.

 

Filantropia

As vitórias de Roger Federer não se limitam somente às quadras. A Fundação Roger Federer, em vigor desde 2003, tem como missão promover o acesso de crianças desamparadas do mundo inteiro à educação e ao esporte.

Chegou a levantar fundos em prol das vítimas do Furacão Katrina, do terremoto no Haiti, das enchentes na Austrália e muitas outras causas, principalmente no continente africano, de onde veio sua mãe.

Uma partida notável foi a partida Match for Africa, promovida e disputada por Federer e Nadal em 2010, que levantou mais de 4 milhões de dólares em fundos para a fundação de cada um, amparando necessitados. A fundação e seus feitos são considerados um dos maiores legados de Roger Federer que o destacam como atleta e como ser humano.


O futuro do tênis


Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 178,80R$ 357,60R$ 178,80R$ 178,80
Assine Agora porR$ 160,92R$ 286,08R$ 99,96R$ 99,96
Desconto
EconomizaR$ 17,88R$ 71,52R$ 78,84R$ 78,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 53,64 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também Munhequeira
O futuro do tênis

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim Revista TÊNIS

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas