Equipamento

Tenha duas raquetes

Parece frescura, mas ter duas raquetes iguais é o básico para quem se diz tenista

Arnaldo Grizzo em 21 de Janeiro de 2013 às 14:25

Você está no bate-bola, aquecendo para o jogo e, tóin, a corda quebra. O que fazer? Pegar sua raquete reserva deveria ser a resposta pronta. Se não, é um problema. Emprestar raquete nem sempre é uma saída e, mesmo quando é, não é a melhor. Então, se você realmente se considera um tenista, compre uma raquete reserva. É um item obrigatório, assim como bolinhas, tênis e roupas adequadas.

Ter no mínimo uma raquete reserva é essencial para qualquer tenista. Os profissionais, para se ter uma ideia, costumam ter pelo menos cinco. Outro detalhe importante, a raquete "estepe" não deve ser qualquer uma. Deve ser o mesmo modelo da que você usa. Exatamente igual. Por quê? Porque cada modelo tem um estilo, uma pegada, um peso, um equilíbrio e isso in uencia decisivamente no jogo. Você não vai querer mudar de estratégia no meio da partida porque a corda de sua raquete quebrou, né? Faça-me o favor!

Mas tem que ser exatamente igual? De preferência, sim. No cenário ideal, você tem que ter dois aros encordoados com a mesma corda, com a mesma tensão, com o mesmo overgrip. Tudo igual. Isso garante que você tenha pelo menos um backup caso a corda quebre em algum momento inesperado. Aí, basta terminar o jogo com a raquete reserva e depois levar a outra para encordoar com a sua tensão preferida.

Então, se você está na loja prestes a adquirir uma raquete, já peça duas logo. Obviamente que isso vale para quem já sabe o que quer e não está testando raquetes a esmo em busca da ideal. Aliás, não é uma boa ideia comprar uma raquete "para testar", pois é caro e a chance de revenda, baixa. Procure lojas que possuam modelos de teste, leia a respeito, procure indicação do seu professor, enfim, vá atrás de conselhos antes de empenhar dinheiro em algo que talvez não lhe agrade.

Uma dica para quem comprou um novo modelo há pouco tempo e ainda está se adaptando é deixar as duas raquetes levemente diferentes. Como? No início, teste duas cordas distintas, por exemplo - ambas com a mesma tensão. Isso vai lhe dar a oportunidade de ver qual tipo de corda melhor se adequa à raquete e ao seu estilo de jogo. Depois de definida a corda, encordoe as duas com tensões diferentes. Assim, você descobre qual a tensão ideal em pouco tempo. E, caso você tenha a habilidade de alternar jogar com tensões de corda diferentes durante uma mesma partida ou costume jogar em locais com diferentes altitudes, pode ser uma boa manter essa pequena diferença entre as cordas. Mas, por fim, isso tudo só é possível se você tiver duas raquetes. Se não, vai continuar passando vergonha correndo atrás de amigos para emprestar uma caso a sua corda arrebente. E, acredite, no fundo, no fundo, ninguém gosta de emprestar sua raquete.


Equipamento

Artigo publicado nesta revista

Revista TÊNIS 112 · Fevereiro/2013 · Brasil Open 2013

O ATP brasileiro recebe Nadal na edição de 2013

Grigor Dimitrov

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 178,80R$ 357,60R$ 178,80R$ 178,80
Assine Agora porR$ 160,92R$ 286,08R$ 99,96R$ 99,96
Desconto
EconomizaR$ 17,88R$ 71,52R$ 78,84R$ 78,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 53,64 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também Munhequeira
Grigor Dimitrov

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim Revista TÊNIS

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas