Especial 10 tenistas

Senhores da década

Os 10 tenistas (homens e mulheres) que mais influenciaram o tênis nos últimos 10 anos

Matheus Martins Fontes em 21 de Maio de 2013 às 05:59

FAZER LISTAS DOS MELHORES NOMES em qualquer atividade não é tarefa simples, tampouco isenta de distorções e, consequentemente, críticas. Escolher uma pessoa que achamos imprescindível, muitas vezes, significa excluir outra também muito relevante. Ainda assim, arriscamo-nos a indicar os 10 homens e mulheres mais influentes dos últimos 10 anos no tênis.

Para isso, primeiro pensamos, obviamente, no que eles fizeram dentro de quadra, suas conquistas. Apesar de hoje vivermos em um mundo midiático, de fenômenos instantâneos, em último caso, ainda são as vitórias que fazem com que os jogadores se tornem conhecidos, ganhem prestígio, fãs etc. Portanto, alguns casos são unânimes, como Federer, Nadal, Djokovic e Serena, por exemplo.

Por outro lado, também não se pode deixar de lado o carisma de um atleta. Sua simpatia, suas ações fora de quadra o tornam tão ou mais influente do que aqueles que estão brigando pelos títulos a cada fim de semana. Acrescentamos a essa análise ainda outro fator: a forma como o jogador influenciou o esporte tecnicamente nessa última década.

Enfim, pensando em todos esses fatores, fizemos nossa seleção. Alguns certamente questionarão a ausência de Guga na lista, e com razão. Mesmo que nos últimos 10 anos, ou seja, desde 2003, ele tenha feito pouco dentro da quadra devido à lesão no quadril que precocemente o levou a se aposentar, seu carisma é imenso e uma legião de fãs ainda o segue não só no Brasil, mas no mundo todo. Ainda assim, preferimos apontar outros nomes entre os selecionados. Confira nossas opções a seguir.

 

ANDRE AGASSI (USA)
Idade: 43 anos (29/04/1970)
Profissional de 1986 até 2006
Local de nascimento: Las Vegas, Estados Unidos
Destro
Altura: 1,80m
Peso: 80kg
Melhor ranking: 1º (10/04/1995)
Títulos: 60

De 2003 a 2006, quando se aposentou, Agassi não ganhou nenhum Grand Slam, mas nem precisava, pois já tinha vencido oito e era um dos tenistas carismáticos da história. Em 2003, aos 33 anos, tornou-se o mais velho a liderar o ranking, desbancando jovens como Hewitt, Safin, Guga, Roddick etc. O norte-americano ainda jogou em alto nível mais duas temporadas e chegou à final do US Open em 2005. No ano seguinte, com o corpo já sem condições, deu adeus às quadras em Nova York. Os quatro minutos de aplausos no Arthur Ashe Stadium em sua última partida foram poucos para reverenciar alguém que mudou a mentalidade do tênis e que teve personalidade para se livrar de seus demônios em uma polêmica autobiografia lançada três anos depois de abandonar o esporte. Ou seja, mesmo "longe do tênis", ele continuou influente.

 

AMELIE MAURESMO (FRA)
Idade: 33 anos (05/07/1979)
Profissional de 1993 até 2009
Local de nascimento: St. Germains en Laye, França
Destra
Altura: 1,75m
Peso: 69kg
Melhor ranking: 1º (13/09/2004)
Títulos: 25

Caráter essa francesa tem de sobra, ainda mais após ter assumido ser homossexual logo no começo da carreira. Foi preciso força para lidar com a pressão da mídia ao chegar ao número um em 2004 ainda sem ganhar um único Major. No entanto, dois anos mais tarde, Mauresmo - um dos últimos ícones do estilo clássico, com o backhand de uma mão e forte jogo de rede - calaria os críticos com os títulos do Australian Open e Wimbledon. Além do estilo plástico, a preparação física da francesa foi algo invejável e Mauresmo foi, ao lado de Serena e Venus Williams, uma das primeiras a mostrar que o tênis da última década se tornou dependente das competências do corpo.

 

ANDY MURRAY (GBR)
Idade: 26 anos (15/05/1987)
Profissional desde 2005
Local de nascimento: Dunblane, Escócia
Destro
Altura: 1,90m
Peso: 84kg
Melhor ranking: 2º (17/08/2009)
Títulos: 26

A Grã-Bretanha é o berço do tênis (pelo menos da forma como conhecemos hoje) e as últimas décadas foram sofridas para os súditos da rainha no esporte. O último a ganhar um Grand Slam tinha sido Fred Perry, há mais de 70 anos. Foi então que um garoto escocês magricela e ranzinza, treinado na Espanha, despontou. Depois de quatro vice-campeonatos em Majors, sendo o último na grama de Wimbledon, para desespero dos seus compatriotas, Andy Murray finalmente quebrou o tabu dos britânicos com a conquista do US Open em 2012. No mesmo ano, também ficou com o ouro olímpico.
Foto: Ron C. Angle/TPL

 

ANA IVANOVIC (SRB)
Idade: 25 anos (06/11/1987)
Profissional desde 2003
Local de nascimento: Belgrado, Sérvia
Destra
Altura: 1,84m
Peso: 69kg
Melhor ranking: 1º (09/06/2008)
Títulos: 11

Em 2007, procuramos mostrar por meio de nossas páginas que Ana Ivanovic não era feita de apenas um rostinho angelical e sutilezas de uma adolescente a mais no circuito. Pelo contrário, naquela época, já apontávamos que ela viria a cavar seu espaço entre as melhores do mundo, o que ela fez um ano depois com o título no saibro de Roland Garros e a consequente ascensão à liderança do ranking. Inspirada em Monica Seles, também proveniente da ex-Iugoslávia, Ana encantou o mundo com seu jogo potente, mas, principalmente, com sua beleza e simpatia. Ainda hoje, mesmo distante de seu melhor tênis, ainda é um fenômeno de mídia.
Foto: Ron C. Angle/TPL

 

Foto: Ron C. Angle/TPL
ANDY RODDICK (USA)
Idade: 30 anos (30/08/1982)
Profissional de 2000 até 2012
Local de nascimento: Omaha, Estados Unidos
Destro
Altura: 1,88m
Peso: 88kg
Melhor ranking: 1º (03/11/2003)
Títulos: 32

Com um saque devastador, Roddick sempre será lembrado pela maestria na mecânica do golpe, considerado um dos melhores que o tênis já presenciou. Foi com ele que o garoto texano conquistou o US Open 2003 e atingiu o topo do ranking mundial. Suas conquistas só não foram além porque por quatro vezes perdeu para Roger Federer em finais de Slam, três vezes em Wimbledon e uma no Aberto dos Estados Unidos. Mas se seu sucesso foi cerceado dentro de quadra, fora dela Andy foi genial, sempre procurado pelos jornalistas por suas declarações francas, inusitadas e bem humoradas (nas vitórias, geralmente). Foi assim que o sucessor da geração de Sampras e Agassi cativou os fãs.

 

Foto: Ron C. Angle/TPL
CAROLINE WOZNIACKI (DEN)
Idade: 22 anos (11/07/1990)
Profissional desde 2005
Local de nascimento: Odense, Dinamarca
Destra
Altura: 1,77m
Peso: 58kg
Melhor ranking: 1º (11/10/2010)
Títulos: 20

Por dois anos, Caroline Wozniacki liderou o tênis feminino, venceu torneios, posou para inúmeras fotos, começou a namorar uma celebridade do golfe, e nunca se escondeu da pergunta que, talvez, seja a grande incógnita da sua carreira: "O que lhe falta para vencer um Grand Slam?" Jelena Jankovic e Dinara Safina foram outros nomes que sofreram com a pressão de quem chega ao topo do ranking sem o "merecido" status. Wozniacki pode até não empolgar por não ter um golpe característico, "aquele" que faz estragos, porém está longe de desistir. A bela loira é competente em todos os fundamentos que compõem uma grande tenista e sabe jogar taticamente como ninguém.

 

BOB BRYAN (USA)
Idade: 35 anos (29/04/1978)
Profissional desde 1998
Local de nascimento: Camarillo, Estados Unidos
Canhoto
Altura: 1,93m
Peso: 87kg
Melhor ranking: 1º (08/09/2003)
Títulos: 86

MIKE BRYAN (USA)
Idade: 35 anos (29/04/1978)
Profissional desde 1998
Local de nascimento: Camarillo, Estados Unidos
Destro
Altura: 1,90m
Peso: 87kg
Melhor ranking: 1º (08/09/2003)
Títulos: 88

Menos de um mês depois do lançamento da Revista TÊNIS, em maio de 2003, os irmãos Bryan estavam abocanhando o primeiro dos seus 13 títulos de Grand Slam. Mais três meses e viria a consagração como melhor dupla do mundo, façanha que carregaram por mais de 300 semanas ao longo dessa última década. Hoje, com 35 anos e mais de 800 vitórias na carreira, eles têm todos os títulos com que uma dupla pode sonhar e não se cansam, querendo estender suas marcas no livro dos recordes. Se as duplas atualmente têm relevância, isso se deve a esses gêmeos, que promoveram a modalidade de todas as formas possíveis.
Foto: Ron C. Angle/TPL

 

JUSTINE HENIN (BEL)
Idade: 31 anos (01/06/1982)
Profissional de 1999 até 2011
Local de nascimento: Liège, Bélgica
Destra
Altura: 1,67m
Peso: 57kg
Melhor ranking: 1º (20/10/2003)
Títulos: 43

Em uma época em que a força falava mais alto no circuito feminino, Henin reintroduziu a sutileza. A belga tinha o melhor revés de uma mão na história do tênis feminino, segundo John McEnroe. Foi uma tenista completa, que compensava a pouca altura com eficiência técnica e aplicação tática. Quando a Revista TÊNIS nasceu, em maio de 2003, Justine conquistou o seu primeiro de oito títulos de Grand Slam, justamente no saibro de Roland Garros, palco de quatro troféus dessa coleção. Em 2008, na ponta da WTA, a belga se aposentou pela primeira vez, porém, o amor ao esporte foi determinante para que voltasse dois anos depois. Henin nunca será lembrada como a mais bonita, nem como a que batia mais forte na bola, mas pelo tênis mais vistoso da última década.
Foto: Ron C. Angle/TPL

 

Foto: Ron C. Angle/TPL
FERNANDO GONZALEZ (CHI)
Idade: 32 anos (29/07/1980)
Profissional de: 1999 até 2012
Local de nascimento: Santiago, Chile
Destro
Altura: 1,83m
Peso: 82kg
Melhor ranking: 5º (29/01/2007)
Títulos: 11

"Pegar bem na bola não é só o braço, mas é preciso saber o momento exato de quando bater e usar bem toda a mecânica do corpo", explicou Fernando Gonzalez ao fazer sua última aparição pelo Brasil antes de sua aposentadoria em 2012. O chileno foi um dos grandes expoentes de sua geração e sua marca registrada foi o forehand, um dos mais espetaculares de todos os tempos. Mesmo sem títulos de Grand Slam na carreira (foi vice no Australian Open 2007), seria injusto não colocá-lo nessa lista, já que sua direita permanece como modelo graças à excelência plástica.

 

Foto: Ron C. Angle/TPL
KIM CLIJSTERS (BEL)
Idade: 29 anos (08/06/1983) Profissional de 1997 até 2012
Local de nascimento: Bilzen, Bélgica
Destra
Altura: 1,74m
Peso: 68kg
Melhor ranking: 1º (11/08/2003)
Títulos: 41

Poucos meses depois de enviarmos a nossa primeira edição às bancas, Kim Clijsters chegava à liderança do ranking mundial. Com 20 anos, a belga impressionou com a rapidez de pernas e a bela técnica nos golpes da linha de base, mas não havia chegado sua hora nos Grand Slams. Com o tempo, encontrou consistência mental e a aliou com sua agressividade para levantar a taça no US Open em 2005. Dois anos mais tarde, juntou-se à compatriota Justine Henin e se retirou precocemente do tênis. Casada e já com filha para criar, a mamãe Kim reapareceu no circuito em 2009, com sucesso. Prova disso foram mais três Majors que conquistou.

 

LLEYTON HEWITT (AUS)
Idade: 32 anos (24/02/1981)
Profissional desde 1998
Local de nascimento: Adelaide, Austrália
Destro
Altura: 1,80m
Peso: 77kg
Melhor ranking: 1º (19/11/2001)
Títulos: 28

Não há quem não se lembre se seus irritantes e provocadores "C'mon". Antes do surgimento de Federer, Nadal e Djokovic, Lleyton Hewitt era a grande referência no quesito trabalho de pernas e velocidade. Com isso e muita consistência no fundo da quadra, tornou-se um dos maiores contragolpeadores do tênis, um jogador "chato", difícil de ser batido, com uma força mental incrível. Depois de uma geração inteira de tenistas bem comportados - que sucederam a era de McEnroe e Connors -, o australiano era um ponto fora da curva, comemorando sem qualquer pudor os erros do adversário. Isso influenciou uma geração de juvenis que cresceram vendo-o atuar.
Foto: Ron C. Angle/TPL

 

MARIA SHARAPOVA (RUS)
Idade: 25 anos (19/04/1987)
Profissional desde 2001
Local de nascimento: Nyagan, Rússia
Destra
Altura: 1,88m
Peso: 59kg
Melhor ranking: 1º (22/08/2005)
Títulos: 29

Uma "russinha" de longos cabelos louros e beleza estonteante - "herdeira" de Anna Kournikova -, causou espanto no mundo do tênis em 2004 ao vencer ninguém menos que Serena Williams na final de Wimbledon, aos 17 anos. "Masha" teve que quebrar paradigmas. Não queria ser apenas uma tenista bonita, almejava ser a melhor. Enfrentou lesões, dúvidas e chegou a ser contestada por seu pífio desempenho no saibro. Ainda assim, deu a volta por cima, ganhando todos os Grand Slams. Dessa forma, acabou com o estigma das beldades que, após virarem fenômenos de marketing, perdem o foco das quadras.
Foto: Ron C. Angle/TPL

 

Foto: Ron C. Angle/TPL
MARAT SAFIN (RUS)
Idade: 33 anos (27/01/1980)
Profissional de 1997 até 2009
Local de nascimento: Moscou, Rússia
Destro
Altura: 1,93m
Peso: 88kg
Melhor ranking: 1º (20/11/2000)
Títulos: 15

Um tenista "humano". Marat Safin nunca foi o jogador que todos esperaram que fosse. Negou-se a mudar sua personalidade forte e sempre foi aquele tenista que poderia vencer qualquer outro, assim como poderia quebrar dezenas de raquetes caso não estivesse contente com seu desempenho. Sua carreira sempre foi uma "montanha russa", com lampejos de genialidade em quadra, quando venceu o Australian Open 2005, por exemplo, misturados com escândalos fora dela. Não importava a ocasião, o russo sempre era notícia, para o bem ou para o mal. Ele viveu o tênis assim como vive sua vida, intensamente.

 

Foto: Ron C. Angle/TPL
NA LI (CHN)
Idade: 31 anos (26/02/1982)
Profissional desde 1999
Local de nascimento: Wuhan, China
Destra
Altura: 1,72m
Peso: 65kg
Melhor ranking: 4º (06/06/2011)
Títulos: 7

O tênis nunca foi um esporte de massas na China. Nunca esteve entre os mais praticados ou comentados. O programa olímpico chinês, contudo, fez com que surgissem alguns expoentes. Resultado desse programa, Na Li construiu sua trajetória enfrentando o autoritário sistema do seu país, demandando mais liberdade em prol de uma política mais tolerante com os direitos dos demais jogadores chineses. Em 2011, alcançou algo até então impensável para os fãs chineses ao conquistar Roland Garros, o primeiro Major da história da China.

 

NOVAK DJOKOVIC (SRB)
Idade: 25 anos (22/05/1987)
Profissional desde 2003
Local de nascimento: Belgrado, Sérvia
Destro
Altura: 1,88m
Peso: 80kg
Melhor ranking: 1º (04/07/2011)
Títulos: 37

Enquanto Federer e Nadal protagonizavam a grande rivalidade da primeira década dos anos 2000, houve tempo para os coadjuvantes ficarem atentos e fazerem muitas lições de casa para tentarem chegar naquele patamar. Novak Djokovic foi um desses que, discretamente, foi se aproximando e logo se tornou o responsável por quebrar a dicotomia do tênis. Quando despontou, Djoko era apenas o "palhaço" do circo, alegrando todos com suas imitações. Anos depois, em 2011, conhecedor de seu potencial, pôs Federer, Nadal e todo o circuito "no chinelo", com uma das maiores temporadas da história do esporte. Ele conseguiu 41 vitórias seguidas no início do ano, finalizando com apenas seis derrotas em 76 partidas disputadas em 2012. Nesses 10 anos, venceu seis Grand Slams.
Foto: Ron C. Angle/TPL

 

SERENA WILLIAMS (USA)
Idade: 31 anos (26/09/1981)
Profissional desde 1995
Local de nascimento: Saginaw, Estados Unidos
Destra
Altura: 1,75m
Peso: 70kg
Melhor ranking: 1º (08/07/2002)
Títulos: 49

Tente pensar nos maiores troféus do tênis feminino. Os quatro Grand Slams, a Fed Cup, WTA Championships, as Olimpíadas. Com certeza, o nome de Serena Williams está gravado, ao menos, uma vez nessa lista de competições. Mas não é somente nos números que a norte-americana se torna dominante na WTA. Dona de um físico invejável e temida pela maioria, Serena se acostumou a ter poucas adversárias à altura e vem dominando o circuito da mesma forma que entra na quadra para receber um saque, com aquela pose de "sou eu quem manda aqui". Ela instituiu o domínio pela força e ainda hoje, aos 31 anos, exerce-o.
Foto: Ron C. Angle/TPL

 

Foto: Ron C. Angle/TPL
RAFAEL NADAL (ESP)
Idade: 26 anos (03/06/1986)
Profissional desde 2001
Local de nascimento: Manacor, Espanha
Canhoto
Altura: 1,85m
Peso: 85kg
Melhor ranking: 1º (18/08/2008)
Títulos: 54

No começo era algo estranho. A empunhadura extrema, a bermuda longa, a camiseta sem manga, os tiques. Mas logo se tornou uma mania. Nadal revolucionou o tênis com sua forma de jogar. Mais do que a técnica, muitas vezes criticada, suas principais qualidades estava no coração, na garra e na força mental. Com o tempo, calou os críticos que diziam que seu estilo era muito limitado ao físico. Aprimorou sua técnica - excêntrica, sim -, sendo capaz de atacar e defender com a mesma eficiência, o que o levou a desbancar Federer - seu nêmesis - em seus pisos prediletos e levantar os troféus dos quatro Grand Slams. Recordista de vitórias no saibro, ele deixou a lenda de Bjorn Borg "comendo poeira" com sete títulos em Roland Garros e é a grande referência da terra batida.

 

Foto: Ron C. Angle/TPL
VENUS WILLIAMS (USA)
Idade: 43 anos (17/06/1980)
Profissional desde 1994
Local de nascimento: Lynwood, Estados Unidos
Destra
Altura: 1,85m
Peso: 72,5kg
Melhor ranking: 1º (25/02/2002)
Títulos: 44

Venus foi a primeira das Williams a ter sucesso no circuito. Ela e a irmã, Serena, lutaram contra o preconceito e, mais do que isso, dominaram o tênis feminino pela imposição da força. Com um saque poderoso - que até hoje permanece como o mais rápido da história -, Venus aliou agressividade com categoria dentro de quadra e tem no aspecto mental um grande trunfo para os momentos decisivos. Dessa forma, Venus foi capaz de vencer por cinco vezes na grama de Wimbledon. Fora da quadra, a mais velha das Williams criou uma grife de moda, Eleven, para desenvolver seus próprios modelos.

 

ROGER FEDERER (SUI)
Idade: 31 anos (08/08/1981)
Profissional desde 1998
Local de nascimento: Basileia, Suíça
Destro
Altura: 1,85m
Peso: 85kg
Melhor ranking: 1º (02/02/2004)
Títulos: 76

O suíço, com o estilo clássico que faz o jogo parecer tão mais fácil do que realmente é, chegou ao topo do ranking em fevereiro de 2004, iniciando a maior hegemonia do tênis na última década. Foram incríveis quatro anos e meio sem ninguém à sua frente, com cinco troféus seguidos em Wimbledon e no US Open. Com isso, ultrapassou Sampras em títulos de Grand Slam (17 ao todo) e no total de semanas como líder do ranking (302 contra 286 de Sampras). Entre os maiores tenistas da história, Federer é um exemplo a ser seguido dentro e fora das quadras. Seu nome é sinônimo de excelência e seus feitos estão aí (talvez até aumentem), esperando que as próximas gerações ousem suplantá-los.
Foto: Ron C. Angle/TPL

 

VICTORIA AZARENKA (BLR)
Idade: 23 anos (31/07/1989)
Profissional desde 2003
Local de nascimento: Minsk, Bielorrússia
Destra
Altura: 1,83m
Peso: 66kg
Melhor ranking: 1º (30/01/2012)
Títulos: 16

Com golpes consistentes da base e gemidos que perpassam, por muitas vezes, os limites do tolerável, Azarenka também soube aproveitar a fama fora das quadras, sempre simpática e divertida. Em 2012, a bielorrussa se tornou a primeira tenista de seu país a conquistar um título de Grand Slam em simples, ao abocanhar o Aberto da Austrália e carregar uma invencibilidade de 26 jogos desde o início da temporada. Carismática, "Vika" é outra beldade que traz a graça e o contraste entre delicadeza e força para o circuito, qualidades que só revelam que o tênis feminino tem possibilidades de não perder sua graciosidade mesmo em um esporte cada vez mais físico.

Foto: Ron C. Angle/TPL


Especial

Artigo publicado nesta revista


O futuro do tênis


Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 178,80R$ 357,60R$ 178,80R$ 178,80
Assine Agora porR$ 160,92R$ 286,08R$ 99,96R$ 99,96
Desconto
EconomizaR$ 17,88R$ 71,52R$ 78,84R$ 78,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 53,64 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também Munhequeira
O futuro do tênis

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim Revista TÊNIS

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas