Quadras

Por onde a bolinha quica

Da redação em 22 de Março de 2011 às 07:07

Marcelo Ruschel/Poapress

A ARGENTINA É NOSSA! >>
O Brasil finalizou sua participação na etapa argentina da Gira Cosat com três títulos. Nos 18, os troféus de simples e duplas ficaram, respectivamente, com João Pedro Sorgi (foto), que confirmou o favoritismo de cabeça de chave número um, e com a dupla Vitor Galvão e Thiago Pinheiro. O brasileiro Gabriel Sidney também saiu da Argentina com o troféu de duplas na mão, da categoria 14 anos. No feminino, os melhores resultados vieram na categoria 16, com Suellen Abel e a dupla Eduarda Nardi e Luísa Rosa, que chegaram às semifinais. Na etapa uruguaia, mais um título para João Sorgi, mas desta vez nas duplas, junto com Thiago Monteiro. Punta del Leste também deu sorte para as meninas. A final de duplas nos 16 anos foi totalmente brasileira. Luísa Rosa e Eduarda Nardi levaram a melhor sobre Ana Laura John e Isabella Camargo.

RESULTADOS
GIRA COSAT ARGENTINA - 21 A 26/02
Categoria 14 anos (Buenos Aires)
Gabriel Sidney (BRA) e Lucas Luini (ARG) v. Luis Albuquerque (PER) e Daniel Hoyos (PER) 2/6, 6/3 e 10/6
Categoria 16 anos (Buenos Aires)
Camila Giangreco (PAR) v. Suellen Abel (BRA) 6/1 e 6/1
Ana Madcur (ARG) e Lucía Zelenka (ARG) v. Eduarda Nardi (BRA) e Luísa Rosa (BRA) 6/2 e 6/3
Categoria 18 anos (Mar del Plata)
João Pedro Sorgi (BRA) v. Mateo Marti nez (ARG) 6/0 e 6/3
Vitor Galvão (BRA) e Thiago Pinheiro (BRA) v. Alexander Petrone (USA) e Luke Bambridge (GBR) 6/4 e 6/2
GIRA COSAT URUGUAI - 28/02 A 05/03
Categoria 16 anos (Punta del Este)
Luísa Rosa (BRA) e Eduarda Nardi (BRA) v. Ana Laura John (BRA) e Isabella Camargo (BRA) 5/3 e 5/3
Categoria 18 anos (Punta del Este)
João Pedro Sorgi (BRA) e Thiago Monteiro (BRA) v. Benjamin Ugarte (CHI) e Dante Gennaro (ARG) 4/6, 6/0 e 10/4

Marcelo Hernandez /Lati nContent/Gett y Images

Com a torcida de todos os brasileiros, Thomaz Bellucci conseguiu vencer, pela primeira vez na carreira, um tenista top 10. Na estreia do ATP 500 de Acapulco, o brasileiro bateu Fernando Verdasco por 6/2, 4/6 e 6/3 e comemorou o primeiro grande resultado da temporada. O bom desempenho no torneio (foi semifinalista) ainda lhe rendeu a volta ao top 30 da ATP. Depois do jogo, Verdasco ainda declarou que perder para Bellucci não era nenhuma surpresa.
Ron C. Angle/TPL

COPA DAVIS >>
A primeira fase do grupo mundial da Copa Davis não teve muitas surpresas. Enquanto as equipes da Espanha, Estados Unidos, Argentina (que contou com a volta de David Nalbandian) e Sérvia (sem Novak Djokovic) passaram fácil pela Bélgica, Chile, Romênia e Índia, respectivamente, fechando a série com 4 a 1. Já Suécia, Alemanha e França tiveram mais trabalho para fazer 3 a 2 em cima da Rússia, Croácia e Áustria, respectivamente. A maior surpresa da fase ficou por conta do Cazaquistão, de Andrey Golubev e Mikhail Kukushkin, que conseguiu bater a República Tcheca, do poderoso Tomas Berdych, por 3 a 2 e vai encontrar a Argentina nas quartas.

fotos: Ron C. Angle/TPL


Praticamente sem jogar em 2010, Del Potro começou a temporada de 2011 sem grandes resultados... até o ATP de Delray Beach. O argentino consolidou seu retorno após a grave lesão que sofreu no pulso conquistando o sétimo título de sua carreira e o primeiro após o US Open 2009. Delpo bateu o sérvio Janko Tipsarevic com duplo 6/4 e deu um salto no ranking, voltando a figurar no top 100.


#Q#

DUELO DE REIS
O Madison Square Garden foi palco de mais um duelo memorável. Agassi e Sampras, dois dos maiores rivais da história do tênis mundial, se reencontraram num jogo exibição para arrecadar fundos para a fundação de Agassi. Visivelmente em melhor forma, Sampras bateu o compatriota por 6/3 e 7/5 e voltou para casa feliz da vida. Da última vez em que se encontraram, os tenistas trocaram algumas provocações que "já estão superadas", segundo eles próprios.

ZONAL AMERICANO
O Brasil conheceu seu adversário de estreia no Zonal Americano da Davis de 2011. O Uruguai, que derrotou a Colômbia por 4 a 1, enfrentará em casa a equipe brasileira. O time do capitão João Zwetsch enfrentou a equipe uruguaia em 2010, em Bauru, com vitória fácil, classificando-se para o Play-off do Grupo Mundial. Na ocasião, o principal tenista do Uruguai, Pablo Cuevas (foto), grande nome na vitória sobre os colombianos, não estava presente.

Marco Máximo

TOP 5
A grande campanha de Marcelo Melo e Bruno Soares em Acapulco rendeu à dupla a chegada ao top 5 da ATP. Com a vaga na final, eles pularam da sétima para a quinta colocação no ranking. Neste início de temporada já foram dois títulos, ambos em ATP 250: Santiago e Costa do Sauípe.


Quadras

Artigo publicado nesta revista



O futuro do tênis


Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 178,80R$ 357,60R$ 178,80R$ 178,80
Assine Agora porR$ 160,92R$ 286,08R$ 99,96R$ 99,96
Desconto
EconomizaR$ 17,88R$ 71,52R$ 78,84R$ 78,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 53,64 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também Munhequeira
O futuro do tênis

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim Revista TÊNIS

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas