Instrução Regras

Mudanças à vista?

ITF diz estar estudando fim do segundo saque e introdução de sets até 4 games

Por Daniel G. Levy em 30 de Março de 2015 às 00:00

Muito têm se falado na evolução do tênis nos últimos anos. Desde materiais que agora contam até com raquetes com chips, até a parte fisiológica do atleta, em que, além do treinador e preparador físico, há o acréscimo do nutricionista, psicólogo, médico, fisiologista e uma gama enorme de outros profissionais diretamente ligados aos atletas. Definitivamente, o tênis entrou em uma nova era. A constatação geral é que o tênis está muito mais rápido, muito mais físico e muito mais difícil. E, nessas horas, mudanças nas regras começam a ser ventiladas.

Uma das sugestões em voga atualmente, e defendida pelo presidente da ITF, Francesco Ricci Bitti, é a diminuição da duração dos sets, ou seja, o uso dos “sets curtos” de até 4 games – que já está previsto nas regras, e é usado em alguns torneios infanto-juvenis, caso haja necessidade devido ao clima. São jogados sets de quatro games e, se persistir o empate em 3 games a 3, os tenistas vão a 5. Com novo empate em 4 a 4, joga-se um tiebreak normal, até sete pontos.

A ideia é que neste “set curto”, os games iniciais tenham a mesma importância dos games finais em termos de concentração dos jogadores (que, às vezes, começam o set mais relaxados), e também a diminuição do tempo das partidas, que, nesses casos, podem levar de 45 minutos a até 3 horas.

Outra mudança estudada é a extinção do segundo saque. Nesse caso, os tenistas teriam direito a apenas um serviço, o que tornaria o jogo mais dinâmico e rápido. Vale lembrar que, no ano passado, a ATP chegou a estudar a extinção do “let” no serviço (ou seja, se o saque tocasse na fita e caísse dentro, estava valendo), mas ainda não emitiu um parecer.

Vale lembrar que todas as mudanças realizadas nos últimos tempos visaram diminuir o tempo das partidas – desde a introdução do tiebreak em 1970 no US Open. Anos atrás, a ATP mudou as regras das duplas, ao criar o “no-ad” (game sem vantagem) e o match-tiebreak (até 10 pontos) no lugar do set final. No ano passado, a entidade também alterou a punição para a regra dos 25 segundos entre os pontos, sendo que o tenista primeiro toma uma advertência, depois perde um saque e, em seguida, um ponto. Ou seja, mais novidades podem surgir.


Regras ITF mudança set Francesco Ricci Bitti

Artigo publicado nesta revista

Revista TÊNIS 138 · Março/2015 · Feijão

Como ele se tornou número 1 do Brasil e até onde pode chegar + desvendamos seu forehand matador

Grigor Dimitrov

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 178,80R$ 357,60R$ 178,80R$ 178,80
Assine Agora porR$ 160,92R$ 286,08R$ 99,96R$ 99,96
Desconto
EconomizaR$ 17,88R$ 71,52R$ 78,84R$ 78,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 53,64 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também Munhequeira
Grigor Dimitrov

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim Revista TÊNIS

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas