Força ou jeito?

Quando usar a força e quando usar a técnica no beach tennis? O que é melhor?

Por Marcela Evangelista em 30 de Março de 2015 às 00:00


Há uma falsa sensação de que Basta golpear a bola com mais força para melhorar o nível

Estar em um torneio de beach tennis é uma experiência que cada vez mais pessoas experimentam. O ambiente é descontraído, as pessoas estão em seu momento de lazer, apesar da alta competitividade mesmo nas categorias iniciantes, e o visual tende a ser agradável.

Caminhando pelas quadras, é possível ver jogadores dos mais variados níveis em ação. Mesmo sem saber ao certo a categoria de um determinado jogo, conseguimos identificar qual jogador tem um nível mais avançado em relação a outro. Normalmente essa diferença é percebida pela velocidade do jogo. Iniciantes têm disputas com bolas mais leves, enquanto, nas avançadas, os jogadores costumam usar golpes com mais potência.

Portanto, basta começar a golpear a bola com mais força para melhorar o nível de jogo? Não. Jogar beach tennis é razoavelmente fácil, as técnicas são simples e o barulho da rebatida traz uma sensação deliciosa. A vontade de dar pancada costuma ser grande logo no início, mas, aos poucos, os novos praticantes percebem que se trata de um jogo em que o uso de toques é muito mais frequente quando comparado aos momentos em que a força deve ser usada. É nesse momento que surge a questão: beach tennis se joga com força ou jeito?

Saber mesclar

Por se tratar de um jogo em que os competidores devem cobrir um grande espaço de quadra – nas duplas cada equipe ocupa um quadrado de 8 metros quadrados – o ideal é mesclar os estilos. Os toques normalmente são usados para buscar os espaços vazios na quadra adversária e, consequentemente, construir a jogada. Para a definição do ponto, a escolha entre jeito e força vai depender do nível do atleta.

Apesar de ser ideal um jogador ter habilidades para executar golpes estratégicos e potentes, é normal que uma das características se sobressaia em seu estilo de jogo. Beach tenistas que jogam com mais “jeito” têm facilidade para executar curtas e lobs e costumam ser especialistas na construção da jogada. Raquetes de fácil manuseio (cabos mais curtos), leves e com mais furos são mais indicadas para esse perfil de jogador. Já aqueles que têm facilidade em golpes potentes, sejam saques, voleios ou smashes, costumam ser os responsáveis pela definição dos pontos. Raquetes mais pesadas e com menos furos facilitam esse estilo.

Na tentativa de tentar encontrar um equilíbrio entre esses dois perfis, raquetes estão sendo fabricadas com características mistas. Exemplo disso são os novos modelos feitos com materiais que propiciam a potência nos golpes, pesados (mais de 350 gramas) e com muitos furos.

Bons treinos e muita calma para identificar se o momento é para usar jeito ou força. Afinal, tem espaço para os dois.

Relação entre jeito e força nas diferentes categorias

Iniciantes

Nas categorias iniciantes, o jogador será mais bem sucedido se for capaz de usar o jeito com melhor qualidade e com mais frequência. Como são beach tenistas com pouca técnica, é necessário investir bastante na regularidade. Jogadores dessa categoria costumam construir e definir o ponto com curtas e/ou lobs.

Intermediárias

Beach tenistas das categorias intermediárias ainda dependem muitos dos toques e da regularidade, mas já é necessário um pouco mais de potência nos golpes para definir os pontos. Jogadores intermediários com mais facilidade para atacar se diferenciam dos demais e começam a cogitar a hipótese de se arriscar entre os jogadores mais experientes em uma competição futura.

Avançadas

Jogadores avançados precisam ser capazes de executar com bastante domínio golpes sutis e potentes. Porém, é normal que uma das características seja mais acentuada. Como exemplo disso, muitas duplas bem sucedidas são formadas por um jogador com mais facilidade no toque e por outro mais agressivo. Diferentemente das demais categorias, jogadores desse nível tendem a começar o ponto com força na maior parte das vezes, usam o jeito para construir a jogada e utilizam mais a força na definição dos pontos.

Dicas de treinos para o uso de jeito e força nas diferentes categorias

Iniciantes

Jogadores iniciantes devem pensar exclusivamente na técnica dos golpes e incremento da regularidade. Tentar usar força nos golpes irá atrapalhar o propósito de aperfeiçoar a mecânica dos movimentos.

Intermediárias

Jogadores intermediários devem insistir na melhora da regularidade e desenvolvimento da capacidade de usar a força para definir os pontos. Os treinos de força e jeito devem ser feitos de forma integrada. Ou seja, o jogador deve ser motivado a construir a jogada e a identificar o momento da definição.

Avançadas

Entre os jogadores avançados, a força e jeito podem ser treinados de forma isolada. Os exercícios devem ser feitos com o objetivo de “limpar o golpe”, ou seja, deixar sua técnica perfeita, seja para um lob, seja uma deixada, assim como para um smash.


Beach Tennis força técnica categoria nível dicas

Artigo publicado nesta revista

Revista TÊNIS 138 · Março/2015 · Feijão

Como ele se tornou número 1 do Brasil e até onde pode chegar + desvendamos seu forehand matador

O futuro do tênis


Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 178,80R$ 357,60R$ 178,80R$ 178,80
Assine Agora porR$ 160,92R$ 286,08R$ 99,96R$ 99,96
Desconto
EconomizaR$ 17,88R$ 71,52R$ 78,84R$ 78,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 53,64 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também Munhequeira
O futuro do tênis

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim Revista TÊNIS

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas