25 títulos Master 1000 e 90 na carreira

Federer, de novo

Ele vence Wawrinka e conquista seu quinto título em Indian Wells, sem perder nenhum set

Por Rodrigo Soares em 20 de Março de 2017 às 12:33

 
A temporada de 2017 não poderia ter começado de maneira melhor para Roger Federer. Após passar todo o segundo semestre de 2016 inativo, recuperando-se de lesão no joelho, Federer venceu o Australian Open de maneira categórica. Nesse fim de semana, o maestro chegou ao seu 90º título na carreira, vencendo o Master 1000 de Indian Wells, e sem perder um set sequer. 
 
Depois de uma semifinal relativamente tranquila contra o norte-americano Jack Sock, vitória por (6-1, 7-6(4)), Federer chegou como franco favorito nas casas de apostas para conquistar o título. Seu adversário seria mais uma vez seu compatriota e fã, Stanislas Wawrinka. O retrospecto entre os dois justificava o favoritismo de Federer nas casas de apostas. Nos 22 confrontos anteriores, o ex-número 1 do mundo havia vencido 19. 
 
Mais impressionante é o fato de que as únicas três vitórias de Wawrinka aconteceram no saibro. Em quadras duras, por exemplo, Federer entrou em quadra ontem com um retrospecto de 14 a 0 frente Wawrinka.  Apesar de restrospecto não ganhar jogo, a tendência era mais um triunfo do Maestro.
 
A partida começou muito equilibrada, com os saques prevalecendo. Nos nove primeiro games, os recebedores só conseguiram marcar dez pontos. Wawrinka, então, sacava em 4-5 para sobreviver no primeiro set. No único vacilo de Stan, Federer achou uma brecha, conseguiu o 30-40. No ponto seguinte, em uma longa troca de bola com Federer apenas se defendendo, Wawrinka cometeu um erro não forçado no forehand, entregando a primeira parcial para seu ídolo. Federer 6-4, em meia hora de jogo.
 
O segundo set começou com Federer um pouco desconcentrado e sacando mal no primeiro game. Wawrinka se aproveitou e quebrou o saque do rival. No game seguinte, Stan lutou contra dois break points, mas conseguiu salvar seu saque. Já no quarto game, a história foi diferente: Federer quebrou com certa facilidade o serviço do oponente, empatando a partida em 2 iguais.
 
Nos sete games, nenhum break point. Quase repetindo a situação do primeiro set, Stan sacava agora em 5-6 para se manter vivo no jogo. E mais uma vez Federer foi cirúrgico, precisando de apenas uma oportunidade de break para dar números finais à partida. Um voleio preciso deu a Roger Federer o quinto título em Indian Wells, igualando-se a Novak Djokovic como o maior vencedor do torneio da California. 
 
Próxima parada do suíço: Master 1000 de Miami. Sem Andy Murray e Novak Djokovic, alguém duvida do favoritismo desse suíço que, aos 35 anos, parece estar jogando o mesmo tênis que encantou o mundo há mais de dez anos. Vida longa ao Rei Federer, dono agora de noventa títulos no disputado Circuito da ATP.

Notícias

O futuro do tênis


Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 178,80R$ 357,60R$ 178,80R$ 178,80
Assine Agora porR$ 160,92R$ 286,08R$ 99,96R$ 99,96
Desconto
EconomizaR$ 17,88R$ 71,52R$ 78,84R$ 78,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 53,64 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também Munhequeira
O futuro do tênis

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim Revista TÊNIS

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas