Mental

Como ganhar uma batalha perdida

Se ficar para trás no placar, não entre em pânico. Há muitas coisas que você pode fazer para mudar esse panorama

Allen Fox em 24 de Abril de 2012 às 09:10

Ron C. Angle/TPL

Andre Agassi não era o jogador mais rápido do mundo, mas, conseguia, como ninguém, pegar a bola na subida e colocar seus adversários para correr

A QUADRA DE TÊNIS ESTÁ FICANDO MENOR. Hoje em dia, especialmente no circuito profissional masculino, os ralis são cada vez mais longos e a recuperação absurda. Os melhores tenistas batem com toda sua força do corredor de duplas ou mesmo de fora deles às vezes para dar winners - quando estão jogando simples.

Por quê? Porque a força e o físico são mais importantes do que nunca nesse esporte, e essa tendência parece ter chegado para ficar. Para um tenista amador, isso pode ser desanimador. Você provavelmente está pensando: "Eu não sou tão rápido e nunca vou conseguir ser". Mas há mais de uma maneira de ser rápido e você pode melhorar sua rapidez em quadra com um pouco de prática.

POSICIONAMENTO

Se seu trabalho de pés não é bom, você pode compensá-lo com um bom posicionamento em quadra. Encontre uma posição que funcione para você. Por exemplo, se você bate muito forehand inside-out e inside- in, deve ficar à esquerda da marcação central da linha de base e forçar seu oponente a bater um backhand paralelo, um dos golpes mais difíceis do tênis. Tente fixar sua posição com antecipação e dite os pontos de onde você está mais confortável.

ANTECIPAÇÃO

Preste atenção em seu adversário. Ele gosta de dar drop-shots? Quão frequente é o slice dele? Ele gosta de bater bolas altas ou batê-la plana? Em quais situações ele tende a realizar qualquer um desses golpes? Se você perceber os padrões e hábitos do jogador que está do outro lado da quadra, assim como a forma com que ele reage aos seus golpes, conseguirá pular algumas etapas e chegar até a bola mais rapidamente.

BATA NA SUBIDA

Andre Agassi não era o jogador mais rápido do mundo. Então, o que ele fazia? Ele batia na bola bem cedo, logo que ela ascendia e, por isso, sua devolução chegava ao oponente antes que ele tivesse tempo de se recuperar. O resultado? Agassi sempre manteve sua posição no meio da quadra enquanto seu adversário corria feito louco. Para fazer isso, encurte seu backswing e fique em um apoio aberto ou semi-aberto. Se você der ao seu oponente menos tempo para se mover batendo na bola na subida, não terá que se mexer muito e o jogo lhe parecerá lento.

GEOMETRIA

Até os jogadores mais rápidos podem parecer lentos se escolherem o caminho errado para chegar à bola. Pegue a rota mais curta possível para chegar aonde precisa. Se seu adversário bate uma bola boa, você terá que correr em paralelo à linha de base ou correr com uma pequena angulação da linha de base da quadra e da bola. Mas se tiver tempo, pratique uma corrida até a bola de forma que você ande para os lados e em direção à bola ao mesmo tempo. Isso vai poupar tempo e colocar pressão no seu oponente

From Tennis Magazine. Copyright 2012 by Miller Sports Group LLC. Distributed by Tribune Services


Instrução - Tática

Artigo publicado nesta revista

O futuro do tênis


Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 178,80R$ 357,60R$ 178,80R$ 178,80
Assine Agora porR$ 160,92R$ 286,08R$ 99,96R$ 99,96
Desconto
EconomizaR$ 17,88R$ 71,52R$ 78,84R$ 78,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 53,64 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também Munhequeira
O futuro do tênis

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim Revista TÊNIS

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas