Calendário de treinos e torneios

Saiba montar um calendário de torneios visando a evolução no ranking e confira dicas de como periodizar os treinos para ter mais sucesso

Por Marcela Evangelista em 23 de Agosto de 2015 às 00:00

Com a maior oferta de torneios de beach tennis e o constante aumento do número de inscritos nestes eventos, entidades da modalidade começaram a colocar em prática ações para organizar as categorias disputadas. Como consequência, sistemas de pontuação estão sendo criados e rankings iniciados.

Há algum tempo, a disputa era recreativa. Hoje, existem muitos beach tenistas almejando melhores colocações nos rankings estaduais, nacionais e internacionais.

Antes de se inscrever em todos os torneios que estão agendados, entenda como é possível montar um bom calendário e fazer as escolhas certas para tentar alcançar as posições desejadas.

Passo 1

Ao fazer a escolha do ranking que você quer participar, leia o regulamento com atenção e tenha conhecimento do número de torneios em que poderá acumular os pontos. Por exemplo, no ranking da ITF (Federação Internacional de Tênis) são computados apenas os seis melhores resultados no ano.

Passo 2

Escolha, juntamente com seu treinador, os torneios que distribuam maior pontuação e que sejam em locais que se encaixem com suas possibilidades de deslocamento. Observação: Apesar de o beach tennis ser uma modalidade em que os torneios são definidos com pouco tempo de antecedência, os eventos mais tradicionais tendem a se repetir todo ano na mesma época.

Passo 3

Escolha torneios menores nas semanas que antecedem o “torneio alvo”, como forma de preparação. Se possível, escolha competições com condições semelhantes às que serão encontradas no “torneio alvo”. Por exemplo, clima e características da quadra.

Ritmo de jogo

A escolha dos melhores torneios não será suficiente para você atingir as posições desejadas se sua preparação nos treinos não for feita com o direcionamento ideal

Durante essas semanas, use os jogos para ganhar ritmo de jogo e treinar a parceria, já que o entrosamento é fundamental no jogo de duplas e, escolher um bom parceiro, nem sempre é sinônimo de que vocês formarão uma boa dupla. Entrar em ritmo de jogo significa colocar em prática golpes e jogadas que estão sendo treinadas, mas que ainda não estão 100%. Significa também jogar de forma mais solta e o resultado é uma consequência, não objetivo.

Para exemplificar essa estratégia, jogadores de tênis costumam disputar os torneios de Halle e Queen’s como preparatórios para Wimbledon. Todos os campeonatos são na grama, porém é em Wimbledon que os tenistas lutam por mais pontos e premiação.

Passo 4

Esteja em sua melhor forma física, técnica e mental na semana do “torneio alvo”. Nesse momento, o resultado é seu principal objetivo.

Treinos

A escolha dos melhores torneios não será suficiente para você atingir as posições desejadas se sua preparação nos treinos não for feita com o direcionamento ideal. Montar um calendário no treinamento ou, periodizar os treinos, é ingrediente essencial para melhorar os resultados.

De forma bem resumida, existem os seguintes estágios e particularidades das fases de treinamento:

1 - Pré-temporada

Treinos e mais treinos. Nesse momento, a atenção maior é em aprimorar a parte física e fazer ajustes técnicos mais significativos. É o período com maior volume de treino. Em média, a pré-temporada acontece entre seis e oito semanas antes do “torneio-alvo”.

2 - Pré-torneio

Período com maior uso da parte estratégica do jogo. É interessante agendar partidas amistosas com adversários variados e participar de torneios preparatórios. Mesmo que não seja o “torneio alvo”, o volume de treino deve ser reduzido nos dias que antecedem os jogos. Duas semanas é a duração ideal do estágio “pré-torneio”.

3 - Torneio alvo

Os treinos são apenas para a manutenção da parte motivacional. Procure se poupar, caprichar na alimentação e dormir bem. Nos dias de jogos, faça um bom aquecimento e entre em quadra para desfrutar e honrar todo trabalho feito até aquele momento.

4 - Descanso

Extremamente necessário e essencial na rotina de qualquer jogador. Seja logo após o “torneio alvo” ou encaixado nos dias de treino durante a semana. Saiba escutar o que seu corpo diz e, mesmo que seja contra sua vontade, às vezes é preciso dar descanso para seus músculos e cabeça.

Por mais que você não seja um jogador profissional, fazer boas escolhas no calendário de torneios e se preparar da forma adequada nos treinos são estratégias que lhe ajudarão a chegar mais longe.


Beach Tennis montar calendario treino torneio

Artigo publicado nesta revista

Revista TÊNIS 143 · Agosto/2015 · Guerreira!

Vitória em Florianópolis coloca Teliana no top 50

O futuro do tênis


Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 178,80R$ 357,60R$ 178,80R$ 178,80
Assine Agora porR$ 160,92R$ 286,08R$ 99,96R$ 99,96
Desconto
EconomizaR$ 17,88R$ 71,52R$ 78,84R$ 78,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 53,64 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também Munhequeira
O futuro do tênis

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim Revista TÊNIS

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas