1.000 exibições

Ao vencer o ATP de Brisbane, Roger Federer alcançou a impressionante marca de mil vitórias em jogos de ATP

Por Arnaldo Grizzo em 26 de Janeiro de 2015 às 00:00

Roger Federer

Todos sabemos que as gerações se sucedem e, consequentemente, recordes caem. Não é uma regra, mas é comum – especialmente em esportes em que o desempenho atlético individual fala mais alto, como as provas de velocidade, por exemplo. Mas e quando se trata da performance de um homem contra outro? Como mensurar o quão grandioso é o feito um atleta dominante em sua geração sendo que ele atuou em um período de tempo específico e nem sempre contra os outros que estabeleceram os recordes anteriores?

A verdade é que toda geração se gaba de seus ídolos. Quem viveu os tempos dourados do tênis amador afirma categoricamente que nunca existirão atletas como aqueles abnegados do esporte. Quem pegou a transição para o profissionalismo venera nomes como Rod Laver, Roy Emerson, Ken Rosewall. Já os que acompanharam os primeiros anos do ranking da ATP recordam saudosos de Ilie Nastase, Jimmy Connors, Bjorn Borg. Mais adiante, há quem tenha ficado impressionado com o gênio de John McEnroe ou a frieza de Ivan Lendl. E, para “finalizar”, nos anos 1990 ainda surgiu Pete Sampras para quebrar quase todos os recordes de gerações anteriores.

Mais recentemente, contudo, a geração atual pode se dizer privilegiada de poder acompanhar a carreira de Roger Federer. O melhor tenista da história? Predicados para tanto, ele tem – assim como outros jogadores de outras gerações. A questão é que o suíço, em 17 anos de carreira, não precisa desse rótulo específico. Anos vão se passar e seu status de lenda do esporte nunca morrerá, pois ele é um dos poucos na história a ser capaz de derrubar recordes de jogadores de diversas gerações. E, no dia 11 de janeiro de 2015, ele atingiu uma marca que só comprova sua genialidade.

Ao derrotar Milos Raonic e vencer o ATP de Brisbane, seu primeiro torneio na temporada, ele alcançou impressionantes 1.000 vitórias na carreira. Um detalhe: mil jogos vencidos somente em torneios ATP, sem contar Challengers e Futures. Até hoje, além dele, apenas outros dois tenistas ultrapassaram essa marca: Ivan Lendl e Jimmy Connors.

Lendl aposentou-se aos 34 anos, na temporada 1994, com 1.071 vitórias e somente 239 derrotas. O incansável Connors manteve-se atuando nos principais torneios com mais de 40 anos e soma 1.253 vitórias e 278 derrotas. Federer completará 34 anos em agosto de 2015 e não se sabe ainda quando pretende parar. Mas será que ele se importa em alcançar mais esse recorde?

Roger Federer

Cerca de 20% das vitórias de Federer foram sobre adversários top 10

Tenistas com mais de 1.000 vitórias  

Jogador Vitórias/derrotas Porcentagem
Jimmy Connors (USA) 1253-278 81,80%
Ivan Lendl (CZE) 1071-239 81,80%
Roger Federer (SUI) 1000-227 81,50%

 

Vitórias segundo nível de torneio 

Categoria de torneio Vitórias
Masters 1000 311
ATP 250 e 500 299
Grand Slam 279
Copa Davis e Olimpíadas 63
ATP World Tour Finals 48

 

Países onde Federer mais venceu

(ele já atuou em 28 nações) 

País Vitórias
Estados Unidos 210
França 102
Reino Unido 101
Austrália 95
Alemanha 84
Suíça 81
Emirados Árabes 42
Itália 38
Espanha 35
China 33
Holanda 32
Canadá 31
Mônaco 27
Catar 26
Áustria 18
Tailândia 10

 

Vitórias segundo o ranking do rival 

Ranking Vitórias
N. 1 6
No 2-5 81
No 6-10 96
No 11-20 120
No 21-30 121
No 31-50 203
No 51-75 163
No 76-100 75
No 101-150 75
No 151-200 30
No 201-300 15
No 301-400 5
No 401-500 4
No 501-1000 1
No 1001+ 2
Sem ranking 3
*Federer já venceu 12 tenistas que lideraram o ranking e 19 que já venceram um Grand Slam na carreira 

Roger Federer

Vitórias segundo a idade dos adversários 

Idade Vitórias
Adolescentes 35
20-24 367
25-29 460
Mais de 30 anos 138

 

Vitórias por superfície 

Superfície Vitórias
Dura 621
Saibro 198
Grama 131
Carpete 50

 

Vitórias ou exibições?

Para se ter ideia do quão complicado é atingir essa marca, Sampras, que terminou seis temporadas como número 1 do mundo soma “só” 767 vitórias. André Agassi, que jogou até os 36 anos, tem “apenas” 870. Guga, que precisou se aposentar precocemente, 358.

Para atingir as mil vitórias, Federer levou 17 anos, somando 83 títulos na carreira e outras 42 finais em torneios ATP. Ao analisar os números do suíço com calma, é interessante notar que mais de 50% dessas vitórias vieram em partidas de Grand Slam ou Masters 1000. Mais notável ainda é que quase 20% delas foram sobre tenistas top 10.

No entanto, quem acompanha a carreira de Federer, cuja primeira vitória desse naipe foi sobre o francês Guillaume Raoux no ATP de Toulouse em 1998, nem sempre se importa ou repara nos números e nos feitos. O suíço mesmo, poucos anos atrás, chegou a brincar em uma entrevista dizendo que quebrava um recorde a cada vez que entrava em quadra, portanto, era impossível prestar atenção a todas essas marcas. A verdade é que, saber que ele venceu mil vezes, significa que já foram mil ótimas exibições. Então, se você ainda não aproveitou para se deliciar com o jogo dele, está mais do que na hora.

Tipos de vitórias (em sets) 

Sem ceder sets (melhor de 3) 496
Sem ceder sets (melhor de 5) 241
No set decisivo (melhor de 3) 168
No set decisivo (melhor de 5) 22
Desistências no primeiro set 7
Depois de vencer o primeiro set 885
Dois sets 496
Três sets (incluindo melhor de 3 e de 5) 409
Quatro sets 66
Cinco sets 22
Desistências depois de vencer o primeiro set 7

 

Vitórias sobre nacionalidades

(Federer atuou contra adversários de 53 países na carreira) 

País Vitórias
França 111
Espanha 102
Estados Unidos 84
Alemanha 72
Argentina 63
Rússia 62
República Tcheca 48
Croácia 41
Austrália 39
Suécia 34
Itália 30
Sérvia 29
Bélgica 25
Reino Unido 25
Suíça 24
Holanda 21
Chile 19
Romênia 16
Finlândia 14
Canadá 14

 

Vitórias por ambiente 

Quadra descoberta 748
Quadra coberta 252
Contra destros 898
Contra canhotos

102

Roger Federer

Rivais que Federer mais venceu

(Foram 275 jogadores no total) 

Jogador Derrotas para Federer
Andy Roddick 21
Nikolay Davydenko 19
Novak Djokovic 19
Lleyton Hewitt 18
David Ferrer 16
Robin Soderling 16
Juan Martin del Potro 15
Mikhail Youzhny 15
Stan Wawrinka 15
Jarkko Nieminen 14
Radek Stepanek 14
Richard Gasquet 13
Tommy Haas 13
Ivan Ljubicic 13
Tomas Berdych 12
Fernando Gonzalez 12
Ivo Karlovic 12
Nicolas Kiefer 12
Andy Murray 12
Feliciano Lopez 11
David Nalbandian 11
Tommy Robredo 11
Jo-Wilfried Tsonga 11
James Blake 10
Juan Carlos Ferrero 10
Xavier Malisse 10
Rafael Nadal 10
Marat Safin 10
Andreas Seppi 10

Perfil/Entrevista Roger Federer ATP Brisbane carreira Milos Raonic

Artigo publicado nesta revista

Grigor Dimitrov

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 178,80R$ 357,60R$ 178,80R$ 178,80
Assine Agora porR$ 160,92R$ 286,08R$ 99,96R$ 99,96
Desconto
EconomizaR$ 17,88R$ 71,52R$ 78,84R$ 78,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 53,64 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também Munhequeira
Grigor Dimitrov

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim Revista TÊNIS

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas